Jump to content
AIDA64 Discussion Forum
LACN

Portuguese (Portugal) translation

Recommended Posts

Hi,

The translation called portuguese_pt that exists for AIDA64 is, in fact, brazilian and not portuguese from Portugal.

I would like to help and make the translation for portuguese (Portugal) but I don't find english module.

If you have any interess on it let me know how I can get the english file.

I think the actual translation should be renamed to lang_br to avoid mistakes.

Thanks

Luis

Share this post


Link to post
Share on other sites

If you open LANG_PT.TXT, you'll see that it states "Brazilian Portuguese language module for AIDA64" in the very beginning of the file. While it's true it's not Portuguese from Portugal, so far no Portugal residents complained about it ;) Of course it's clear to us the two languages are not identical, but so far noone applied to maintaining a separate language module for Portuguese from Portugal.

If you would like to start maintaining a separate language module, it would be great, and we would appreciate it. There's no English language module (AIDA64 "speaks" native English ;) ), but you can take the LANG_PT.TXT file, and edit it to make it more suitable and more correct for Portugal. I'll send you a private message about further matters.

Thanks,

Fiery

Share this post


Link to post
Share on other sites

The file with the portuguese (Portugal) translation is already avaliable in Aida64 beta version. I have made some corrections to the existing file and I will keep working on it. Feel free to make your sugestions in order to make it better.

O ficheiro com a tradução portuguesa (Portugal) do Aida64 já está disponível na nova versão beta. Já efectuei algumas alterações ao ficheiro e vou continuar a trabalhar nele. Sintam-se à vontade para fazerem as vossas sugestões com vista à sua melhoria.

Luis Neves

Share this post


Link to post
Share on other sites

Hi,

 

The Portuguese language needs improvement and it will be better with the AO 1990 that is more than in use now.

 

Eg.,

 

Max. Visible Display Size=Tamanho de visão máximo  ->  Tamanho de visualização máximo
Picture Aspect Ratio=Relação de aspecto da imagem  -> Formato da imagem

Viewing Angles=Ângulos de Visão  ->  Ângulos de Visualização
Input Connectors=Conectores de Entrada  ->  Conetores de Entrada

Embedded=Embutido ?!?!?!? -> Integrado or Incorporado

ATA Device Features=Características do Dispositivo ATA  ->  Funionalidades do Dispositivo ATA

Track-to-Track Seek=Busca pista por pista   ---  Busca?!?!?!??!

Max.  ->  Máx.

Por favor  ->  Por favor,

 

etc...

 

 

Regards,

 

MS

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Thank you, we've forwarded your message to our friend who's responsible for the Portugese (Portugal) localization of AIDA64.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá MS,

 

Como presumo que é português, irei responder na nossa língua.

No início do ficheiro da tradução portuguesa do Aida64 está bem claro que não escrevo de acordo com as normais mais recentes previstas no chamado Acordo Ortográfico e que, não só no meu entender, é uma completa aberração.

Como é evidente não iremos aqui debater o referido acordo que, aliás, ainda é objecto de grande discussão sendo apenas de 'uso generalizado' como afirma, porque foi imposta a sua obrigatoriedade nas escolas e nos organismos dependentes do Estado.

Para mim, um 'fato' nunca será um 'facto', nem um 'cágado' será um 'cagado'.

Mas os portugueses são assim: gostam de ser 'mais papistas que o papa'.

Uma das razões que me levou a fazer traduções de programas informáticos foi que a maioria das chamadas traduções portuguesas são, de facto, brasileiras e a maior parte delas de muito má qualidade.

De início tive alguma dificuldade em convencer os autores dos programas de que o português é que é a língua mãe pois, muitos deles nem sabiam bem onde ficava Portugal.

Para mim trata-se de defender a identidade da nossa língua mãe, tal como a aprendi a escrever e falar, opinião essa que é partilhada por muitos sectores intelectuais do nosso país.

Por isso, não abdico. nem uma vírgula, do português que escrevo mesmo que me me obriguem a emigrar!

 

Outra coisa diferente são as questões de tradução própriamente dita que, como é obvio, podem ser sempre melhoradas.

No entanto, é preciso ter em conta que a tradução de programas não é a mesma coisa que a tradução de textos literários.

Nos programas há que usar linguagem informal, facilmente perceptível pelos utilizadores e, muitas vezes, há que ter em conta o espaço disponível na interface do programa e adaptar o texto de forma a lá caber. No caso do Aida64, há que ter em conta que existem muitos termos técnicos que mais vale manter em inglês que é uma língua que, em informática, é de percepção universal para utilizadores mais avançados.

 

Dos exemplos que dá:

 

Aspect Ratio - não é o mesmo que formato; refere-se às proporções da imagem e não ao seu formato.

Embedded: Embutido, Incorporado, Integrado...

Seek: Procurar, buscar (não percebo as interrogações)

Max: tem razão falta o acento (são tantos Max que devem ter passado alguns)

 

Finalmente, e agradecendo a sua preocupação com a correcção da tradução, penso que para os que defendem a novo acordo ortográfico e já que ele foi feito entre Portugal e o Brasil e ainda tendo em conta ue a nova grafia é mais parecida com o brasileiro do que com o português, deveriam propor ao tradutor brasileiro essa unificação, se ele estiver disposto a abdicar do 'gerenciamento', 'Deletar', 'Registro', etc...

 

Luis Neves

Share this post


Link to post
Share on other sites

Caro Luis Neves e MS,

 

 

Ao recusar-se a utilização do AO 1990 não se está a defender a língua portuguesa.

 

Deviam parar de utilizar essa desculpa.

 

Por um lado, o mesmo foi/é bem-vindo, exemplo, "atualização" está bem porque nunca se lia, nem lê o 'c', etc...

 

A utilização de termos em inglês, já demonstra a falta de interesse em defender a nossa língua.

 

 

 

Na sua tradução tem " ...deverá registrá-lo... ", "O seu registro..." e como deveria saber registrar/registro é um termo pt-BR (apenas).

 

 

Exemplos:

 

Benchmark = Avaliação de Desempenho - Correto: Teste de Desempenho

 

product key = chave do produto - Normalmente, é utilizado 'código do produto' devido à utilização/conotação de 'chave' na tradução de 'keyword - palavra-chave'.

 

Normalmente, a tradução de "evaluation period" é "período de testes" porque aquilo a que e destina, é testar o programa. A avaliação do mesmo é um assunto diferente.

 

 

E por aí fora...

 

 

A tradução quer se goste ou não (também não concordo) do AO 1990, é obrigatória e o seu período de adaptação já terminou.

 

 

O programa deveria ser ATUALIZADO para o AO 1990.

 

 

São seja "ditador".

 

 

Cumprimentos.

 

Alfredo Silva

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...

×
×
  • Create New...